Paixões e proporcões: Aristoteles